Camisa 10 aponta erros de arbitragem e falta de força nos bastidores como motivos para a eliminação na Copa do Brasil para o Cruzeiro: “É igual a Tropa de Elite, o sistema é f…”

Com direito a citação de Tropa de Elite, o meia Paulo Henrique Ganso reclamou da arbitragem após a eliminação do Fluminense da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, no Mineirão. O Tricolor perdeu para o Cruzeiro nos pênaltis, nas oitavas de final do torneio depois de um 2 a 2 no tempo normal.

O meia reclamou das penalidades marcadas para o Cruzeiro no tempo normal. Para ele, a explicação é a falta de força fora de campo do clube das Laranjeiras, que estaria lutando “contra o sistema”.

– É difícil lutar contra o sistema. É igual a Tropa de Elite, o sistema é f… Se a gente não tem força fora de campo, fica muito complicado. Deram dois pênaltis inexistentes, mas faz parte. O moleque (João Pedro) fez um golaço, é uma pena perder nos pênaltis.

Meia marcou no tempo normal, mas perdeu penalidade — Foto: Douglas Magno/BP Filmes

Meia marcou no tempo normal, mas perdeu penalidade — Foto: Douglas Magno/BP Filmes

Na saída do campo, o repórter do Grupo Globo Eudes Júnior perguntou sobre quem formaria o “sistema” contra o clube, mas o camisa 10 driblou: “O sistema sabe quem é o sistema”.

Fora da Copa do Brasil, o Fluminense tem o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana pela frente na temporada. No Brasileirão, o Tricolor está na 16ª posição, uma à frente da zona de rebaixamento. No torneio continental, encara o Peñarol em julho, pelas oitavas de final.

– Nosso time é de guerreiros, muito jovem. Temos um ano duro para trabalhar. O importante é que estamos melhorando – completou.

Após a eliminação, a delegação tricolor volta para o Rio de Janeiro na tarde de quinta-feira. De olho no Fla-Flu de domingo, pelo Brasileiro, o elenco volta a treinar no CTPA na manhã de sexta-feira.

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui