Atacante diz que peruanos vão jogar de igual para igual na última rodada da fase de grupos da Copa América, deseja sorte e brinca com técnico: “Eu sei o que ele vai fazer”

A virada sobre a Bolívia – vitória por 3 a 1 no Maracanã – deu bastante ânimo aos jogadores do Peru para a sequência da Copa América. Empatados em pontos (4) com o Brasil no Grupo A, os peruanos já projetaram o próximo confronto, contra os donos da casa, pela última rodada da primeira fase.

Para Guerrero, autor do primeiro gol e da assistência para o segundo diante dos bolivianos, a equipe deve tratar os brasileiros com igualdade no próximo sábado, às 16h, na Arena Corinthians.

– Era importante para nós fazer um grande jogo nesses três primeiros. A gente vem da Copa do Mundo, jogamos contra grandes seleções. O time está mais encaixado, com mais experiência. Infelizmente contra a Venezuela não deu, mesmo com eles com dez homens. Hoje ganhamos.

– Com o Brasil, também, queremos jogar de igual para igual. Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas pensamos em ganhar o jogo – disse o camisa 9 na saída do Maracanã.

Guerrero ainda mandou um recado de forma descontraída para Tite, seu técnico nos tempos de Corinthians – juntos, foram campeões mundiais. Ele pediu que o treinador da seleção brasileira não adote um sistema de marcação individual.

– Nós temos que fazer o nosso jogo. Recado para Tite, não põe um cara para me seguir o tempo todo, né (risos)? Pô, professor, faça o seu jogo normal, não bota um cara aí para correr atrás. Vai ser um jogo importante, bonito. A gente quer ganhar, lógico. Vamos fazer tudo, descansar, assistir ao jogo, ver o Brasil. Tomara que a gente ganhe, porque precisamos classificar.

Perguntado sobre a dupla de zaga brasileira, Guerrero elogiou Thiago Silva e Marquinhos. E ainda seguiu falando sobre Tite, a quem desejou sorte.

– Os dois são grandes zagueiros, além deles tem no banco também. Professor Tite já me conhece e sempre faz um sistema de jogo para eu não… Ele já sabe (risos). Eu não posso dizer, porque ele vai saber, eu sei o que ele fazer. Mas, nada, professor, um grande abraço para você e muita sorte. Não posso falar, pergunta para ele o que ele faz, eu já escutei várias vezes de outros jogadores.

O Peru treina no Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira e depois viaja para São Paulo, local do jogo contra o Brasil. Caso vençam os brasileiros, os peruanos conquistarão a liderança do Grupo A.

Guerrero comemora gol de Farfán contra a Bolívia — Foto: André Durão

Guerrero comemora gol de Farfán contra a Bolívia — Foto: André Durão

Fonte: Globo Esporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui